Categoria: Canal

Curso Organização de Fotos

Academia da Foto no Blog NicePhotos

As suas fotos digitais podem ser organizadas e, assim será possível curti-las de verdade!

Conseguir encontrar as fotos digitais que quer com rapidez, para não perder recordações de momentos especiais, para poder fazer álbuns que vão ficar para as próximas gerações… é preciso organizar a coleção.

ONDE ESTÃO SUAS FOTOS?

Curso Organização de Fotos

 

VOCÊ ACHA RAPIDAMENTE A FOTO QUE DESEJA VER?
TODAS TÊM CÓPIAS DE SEGURANÇA?

Se a resposta for “não” para alguma dessas questões, é porque talvez já tenha passado da hora de colocar tudo em ordem.

Hoje em dia as pessoas fotografam quase todos os dias (ou mesmo todos os dias)! Já se deu conta do quanto mais se acumula fotos digitais, pouco a pouco há o aumento das despesas de manutenção?

Por mais que tenha serviço de nuvem contratado, há o pagamento por esse espaço, os arquivos de imagens sobrecarregam o computador, o celular acaba precisando de uma memória maior e se tem um HD externo, precisa trocá-lo de tempos em tempos, ficando refém de ter novos espaços de armazenamento.

O fato é que cada clique com o celular tem um custo! Provavelmente nunca pensou-se a respeito, né?

Desta forma, com o desafio de suprir esta demanda, nasce a Academia da Foto. Uma plataforma para ensinar as pessoas a cuidar das memórias pessoais e acervos individuais.

Por conta da atualidade, a Academia atende à pessoas com acervos fotográficos vulneráveis a perda, desorganizados, pouco acessíveis e, sem consciência de que a fotografia digital exige manutenção para que seja preservada e transmitida às próximas gerações. E isto põe em risco a permanência desses objetos.

São poucas as pessoas que já estão atentas quanto a facilidade de fotografar e dificuldade de manter essas fotos a longo prazo. Ao mesmo tempo que ninguém quer privar os filhos e gerações de reviver momentos da infância.

Mas, como eu faço isso?
Para ajudar mais e mais pessoas a resolver esse problema de uma vez por todas, a Academia da Foto oferece o curso online inédito no Brasil: “Memória Digital – organizando, protegendo e curtindo minhas fotos”.

O curso é dividido em módulos apresentados em formato de videoaulas, a partir de uma metodologia própria, onde cada pessoa pode trabalhar com autonomia e organizar o acervo pessoal durante as aulas. Um grande passo a passo para cada um consiga fazer de acordo com tempo e ritmo.

E não dá pra fazer isso sozinho?
Para àqueles que já tentaram, o caminho não é fácil. Isso porque com o volume de imagens atuais, é preciso um método eficiente para ter sucesso nesta tarefa.

Apesar disso e cientes do desafio, Tatiana Laura, museóloga, trouxe os conhecimentos adquiridos de formação e experiência profissional para, junto com a produtora cultural Renata Fontanillas.

Academia01_FotosDigitais
Com o principal objetivo de criar um método próprio inspirado nas boas práticas de conservação e gestão de acervos e coleções institucionais.

Sendo ssim, a partir do dia a dia de museus, criou-se um formato dirigido às pessoas comuns e às coleções digitais pessoais – uma verdadeira museologia doméstica do século XXI!

Sozinhas, as pessoas dão conta de resolver uma parte da bagunça, mas muito dificilmente conseguem ir além da organização básica e criar um fluxo para que depois seja capaz de localizar as fotos digitais que quer num instante e de mantê-las todas seguras, com backups eficientes.

E para manter? Vou precisar contar com uma ajuda externa pra sempre?
O curso apresenta-se no formato DIY e uma vez concluído, não há necessidade de ajudas externas. O formato criado com o objetivo de oferecer autonomia e para seguir um fluxo de organização que vai desde o momento do clique até a rotina.

Os hábitos trazidos ao dia a dia para que a coleção permaneça organizada, facilmente acessível e, principalmente, sem risco de perda.

O investimento vale mesmo a pena?
Se você é uma pessoa que gosta muito das suas fotos e as considera importantes, com certeza vale a pena.

Bem como alguns dos benefícios de usar um método profissional, é que, cada passo da organização é mostrado de forma eficiente. O trabalho não é em vão, eliminando o risco de parar no meio porque algo no processo não está dando certo.

Por fim, há o ganho em praticidade, economia de tempo e até dinheiro à longo prazo – sem ficar pagando para armazenar qualquer imagem que recebe no celular e os prints de tela sem fim.

Confira o conteúdo exclusivo da Academia da Foto, no IGTV da Nicephotos:
Episódio 1 Episódio 2 Episódio 3

Se animou?

Então vem conosco! Não espere perder uma memória importante para começar!

Conheça o curso CURSO ONLINE: MEMÓRIA DIGITAL – Organizando, protegendo e curtindo minhas fotos. Aproveite para saber mais dicas de como organizar suas fotos através do Instagram. O curso está com 50%OFF para Clientes Nicephotos com o cupom NICE50

Revista Fhox

Academia da Foto na Revista Fhox

Revista Fhox

Artigo publicado na Revista Fhox em 15 de setembro de 2020

https://fhox.com.br/news/academia-da-foto-um-jeito-eficiente-de-organizar-as-fotos/

 

A Academia da Foto é uma plataforma que surge com a missão de trabalhar a memória individual e coletiva através da fotografia. Nós, Tatiana Laura e Renata Fontanillas, somos duas profissionais do setor cultural, especificamente da Museologia e da Gestão Cultural, respectivamente.

No dia 1º de outubro, 2020, estamos lançando o curso online, um conteúdo em formato inédito no Brasil: “Memória Digital – organizando, protegendo e curtindo minhas fotos”. Ele está dividido em sete módulos que serão apresentados através de videoaulas, na plataforma Hotmart, onde cada pessoa poderá trabalhar com autonomia e ir organizando o seu acervo durante as aulas; um grande passo a passo para cada um fazer de acordo com seu tempo e ritmo.

Criamos uma metodologia própria para esse curso. Nos inspiramos nas boas práticas de conservação de acervos institucionais, naquilo que é o dia a dia de museus e instituições que salvaguardam acervos e fizemos algo dirigido às pessoas e suas coleções digitais pessoais. Uma museologia doméstica do séc. XXI.

Já éramos sócias e amigas e tínhamos uma inquietação devido à circunstância que temos hoje de vermos as pessoas com acervos fotográficos vulneráveis a perda, desorganizados, pouco acessíveis e sem consciência do que a fotografia digital vai exigir de nós para poder ser transmitida às próximas gerações; pondo em risco a permanência desses objetos. São

muito poucas as pessoas que já estão atentas quanto a facilidade de fotografar e dificuldade de manter essas fotos a longo prazo.

As fotografias digitais estão totalmente estabelecidas no mundo atual, mas se tornaram um amontoado de arquivos espalhados em diferentes dispositivos e suportes: estão no notebook, no celular, na nuvem, num chip antigo, etc. Pensando que era preciso fazer algo para mudar essa situação, nós começamos a estudar e pesquisar sobre o assunto com o intuito de buscar soluções e aplicações práticas que pudessem contribuir para reverter esse quadro. Encontramos materiais, principalmente dos Estados Unidos e Canadá, sobre organização de fotos digitais pessoais. Eles nos ajudaram muito, mas víamos que o que se oferecia na prática para pessoas comuns, como nós e vocês, tinha a ver com serviços exclusivos de organização – onde alguém tinha acesso às suas imagens e as organizava.

 

Não era por esse caminho que queríamos seguir. Nosso intuito não era levar a solução para poucas pessoas. Além da exclusividade, nos incomodava o fato de que os donos das imagens praticamente não participavam desse processo o que leva a uma série de problemas a nosso ver, por exemplo:

  • Uma das etapas mais importantes para o sucesso dessa organização pessoal é o descarte de imagens, isto é, excluir fotos. Como outra pessoa faz isso por você? Não faz. Ou faz superficialmente de forma que não tem resultado a longo prazo;
  • É preciso pensar sobre o número de fotos que se tem e o número que se quer ter. Para que seu acervo seja funcional e possa ser transmitido para as futuras gerações, não pode ter um tamanho excessivo. É preciso trabalhar com um número funcional. Caso contrário, as fotos estarão todas organizadas, mas não serão úteis. É como ter um armário de roupas enorme com milhares de peças. Pode estar todo organizado, mas você não consegue nem ver todas as roupas que tem ali, muito menos vestir.
  • É preciso formar uma consciência sobre essa nova circunstância que a fotografia digital nos proporciona. Ao mesmo tempo que é ótimo, é acessível; ela vai exigir cuidados muito diferentes de antigamente, com as fotos analógicas, quando bastava uma caixa para guardar os álbuns.
  • Esse cuidado precisa começar na hora do clique.
  • O custo não está no fotografar, mas em manter esse acervo. Hoje, temos a impressão que fotografar é de graça; só que o custo está em preservar. E quanto mais imagens a pessoa tiver, maior será esse gasto. Sendo assim, apesar de fotografar estar bastante democrático (no Brasil, segundo dados recentes da FGV, em média há mais de 1

smartphone por habitante), transmitir suas memórias para as futuras gerações será um privilégio de determinados grupos sociais.

Assim, vimos que era preciso iniciar um movimento que incluísse reflexão e ação e foi daí que nasceu a Academia da Foto, um ambiente para ensinar as pessoas a cuidar das suas memórias pessoais, de seus acervos individuais, isto é, do patrimônio de cada um de nós.

Nossa missão é orientar as pessoas a conhecerem e implementarem as melhores práticas de organização de imagens e contribuir para a conscientização sobre a importância de manter adequadamente os acervos pessoais de fotos digitais, para que se transmitir essas memórias adiante. E a Academia da Foto não está só no Brasil, mas também em Portugal e, em breve, no mundo hispânico, onde também é uma iniciativa inédita.

 

Pensando ainda nessa abrangência, temos um material sobre o assunto dirigido aos gestores e profissionais de museus e instituições culturais. No Brasil hoje, segundo dados do IBRAM (Instituto Brasileiro de Museus, em 2010) há pouco mais de 3.000 museus. Partindo da premissa que os museus são instituições de preservação, conservação e valorização da memória por excelência; e entendendo que hoje as pessoas vêm produzindo verdadeiros acervos pessoais através da fotografia digital e que são muito poucas aquelas que já estão alertas sobre a facilidade de se perder e a dificuldade de se transmitir essas memórias para suas próximas gerações; propomos que, através de um trabalho de conscientização e partilha de conhecimento, os museus se tornem os guardiões da memória digital do seu público e das comunidades do seu entorno. Se a gente pensar em daqui a 50 ou 100 anos… quais os registros de pessoas comuns vão sobreviver para contar a nossa história de hoje? Se nada for feito, corremos o risco de perder uma parte relevante da nossa memória. E entendemos que os museus que se identifiquem com essa causa, podem trazer um pouquinho dessa missão para si e contribuir para minimizar esse apagamento da história.

E acreditamos que podemos estabelecer um diálogo parecido com empresas e profissionais da fotografia porque há muito a fazer. Os fotógrafos, por exemplo, já possuem essas práticas de organização, isso faz parte do dia a dia de trabalho. Nosso curso pode ajudá-los a criar e oferecer uma prática personalizada para os seus clientes, por exemplo. Se pensarmos ainda no momento de pandemia em que vivemos, esse trabalho ganha ainda mais sentido.

Estamos diante de um mundo novo todos os dias e viemos para ser uma “Academia” desse século XXII.

Para quem tem interesse em saber mais sobre o nosso curso, é só ir ao nosso site academiadafoto.com.br ou acessar nosso perfil no Instagram @_academiadafoto.

Curso Organização de Fotos

Quanto tempo a suas fotos digitais têm de vida?

Tempo fotos digitaisJá parou pra pensar, quanto tempo a suas fotos digitais têm de vida?
Antigamente, bastava uma caixa guardada no armário para as fotografias atravessarem gerações… qual a foto mais antiga que você tem? É comum nas famílias nós termos fotos com décadas e décadas de existência.
E como vai ser com as digitais? Já atentou para o fato de que se simplesmente as deixarmos guardadas (num computador, HD externo, cartão de memória…) elas terão um tempo de vida bem limitado?
Para que as suas fotos digitais sejam um legado familiar, há muita coisa a fazer.
Quer saber mais? Vem com a gente!

Curso Organização de Fotos

Memória dos Pets

Memória dos PetsFazer fotos e vídeos dos nossos pets é irresistível, né? 🐶🐱
Os nossos companheiros felinos em suas posições de contorcionismo, os caninos correndo ou fazendo olhinhos de “pidão”… e quando tem criança ou bebê junto? As interações entre eles merecem mesmo um registro!
Por onde andam essas suas memórias? Vamos cuidar delas? Que tal fazer um exercício de organização começando por essas fotos? É muito simples! Costuma não ser um número tão grande de imagens e você pode experimentar organizá-las da seguinte forma: colocando uma tag/etiqueta com o nome do animal em todas as imagens (sabe como fazer isso? Já demos essa dica por aqui…) e depois separando-as por ano. Quem sabe esse não é o início de uma organização geral das suas fotos?
💁🏽‍♀️👨🏻‍💻

Curso Organização de Fotos

The Good Memories

The Good MemoriesThe Good Memories. Assim se chama o projeto da fotógrafa polonesa Jadwiga Bronte (autora das fotos acima) que consiste na criação de um álbum de família “dos momentos felizes” de mães e filhos no interior da prisão.

Todos temos fotografias da nossa infância, mas para as crianças que passam os primeiros 18 meses de vida na cadeia, o registro de suas vidas é um luxo inacessível. Porém a polonesa acredita que o álbum fotográfico de boas memórias tem um impacto positivo sobre a auto-estima das mães e a memória futura das crianças. “Quero, no fundo, substituir a fotografia de uma vida difícil atrás das grades pela fotografia da relação única e preciosa que existe entre mãe e filho”, disse a fotógrafa e autora do projeto ao jornal português Público. Não é emocionante? 🥺

Para ler mais e ver outras fotografias, acesse https://www.publico.pt/2020/09/29/p3/fotogaleria/na-prisao-nao-ha-fotografias-ela-ajuda-maes-reclusas-criar-albuns-familia-felizes-402785 ou o perfil @jadwiga_bronte

Curso Organização de Fotos

Fim do armazenamento ilimitado do Google Fotos

Google FotosA partir de 01/06/21 o Google Fotos vai deixar de oferecer armazenamento gratuito ilimitado. Já verificou quanto você já tem armazenado lá em https://photos.google.com/storage?

E agora, mais importante: você sabe quais fotos que você tem guardadas por lá? Certamente ao acessar esse conteúdo você vai se surpreender com o “lixo” que vem guardando… e em algum momento começará a pagar por isso! Prints de tela, imagens e vídeos inúteis que você recebeu no WhatsApp, fotos de desconhecidos (que você nem lembra como chegaram ali); além do volume de fotos que produzimos e são dispensáveis…

E agora? Vamos arrumar essa bagunça digital?

Se precisar de ajuda e orientação, fala com a gente! 😉

Curso Organização de Fotos

Como baixar seus dados do Google Fotos

Baixar do Google FotosVocê sabe como baixar seus dados do Google Fotos?

Nossa terceira e última dica sobre o armazenamento no Google Fotos (quem perdeu alguma, é só olhar os últimos posts) 😉

Talvez seja uma boa ideia fazer o backup de suas fotos e vídeos antes do dia 1º/06, prazo anunciado para terminar o armazenamento gratuito e ilimitado. Não sabe como fazer?

Comece acessando o site Google Takeout, onde é possível fazer o download de todos os seus dados vinculados ao Google.
Para baixar as suas fotos:
✔️ Clique na opção “Dados e personalização”, que fica no menu esquerdo superior (no computador);
✔️ Nesta página, clique em “Fazer o download dos meus dados”;
✔️ Selecione o Google Fotos na lista de opções e clique em “próxima etapa”;
✔️ Selecione “Exportar uma vez” e aumente o tamanho do arquivo .zip para até 50 GB para receber o máximo de fotos e na melhor qualidade possível (antes confirme que o seu computador tem espaço disponível)
✔️ Clique em “criar exportação”.

Em algumas horas ou dias, você receberá um aviso por Gmail de que seus dados estão disponíveis para download. Aí, é só baixar!

Curso Organização de Fotos

Uma caixa de fotos

Organização de fotosA fotografia vive um momento inédito, que acompanha um problema também inédito.

Para além dos avanços tecnológicos, que aperfeiçoam a cada dia a qualidade, o foco, a nitidez, e reduzem nosso tempo de espera pelo resultado da imagem (que agora tende a zero), há uma questão nova jamais antes vista na história da foto: o excesso de imagens.

Até a geração passada, todas as fotos que uma pessoa guardava ao longo de uma vida costumavam caber em UMA CAIXA. Às vezes uma caixa de sapatos bastava.

Se hoje você consegue mapear a família dos seus pais e dos seus avós através de algumas fotografias e ver como era a vida, e um pouco do que faziam e como se vestiam… Imagine como será para seus filhos, netos, bisnetos. Certamente outra experiência.

Será que você conseguirá preservar seus arquivos digitais organizados numa “caixa de sapatos” digital para que eles possam acessar?

A fotografia tem esse papel tão importante de transmitir as nossas memórias… E para que, no futuro, esses momentos sejam memórias afetivas para a nossa família, as fotografias precisam hoje ser devidamente preservadas.

Mas, o que você deve fazer para cuidar das suas fotos digitais? 🤔

Curso Organização de Fotos

Dica Prática – Organização de fotos

Dica Organização de FotosVocê já experimentou organizar sua coleção de fotos? Há um tema dentro da nossa coleção que são as FOTOS DE VIAGEM! Apesar de normalmente gerarem muitas imagens, é um tema fácil de organizar. Então, que tal aproveitar o fim de semana e começar por aí?

Aproveite para rever bons momentos e excluir imagens em excesso, deixando o que é realmente significativo e merece ser revisitado muitas vezes.

Crie pastas com ano, lugar (país + cidade quando for viagem ao exterior) e dia (dia 1, dia 2, dia 3…; se for o caso).

Verifique os backups. Recomendamos ao menos duas cópias, em locais diferentes (uma em HD externo e outra numa nuvem, por exemplo).

Ideia 💡💡💡
Faça uma pasta “mini” com uma ultra seleção daquilo que é mais mais mais especial, a ponto de você querer imprimir ou compartilhar com alguém. É algo prático e útil na hora de você curtir as fotos que tem, uma forma de tê-las “à mão” 😉

Curso Organização de Fotos

Um mar de fotos

mar de fotosEm 2011, o artista holandês Erik Kessels expôs um trabalho bastante curioso em Amsterdã: ele imprimiu todas as fotos adicionadas ao Flickr durante um período de apenas 24 horas. Ou seja, cerca de um milhão de fotos! (Arraste para o lado para ver algumas imagens surpreendentes)

A obra, batizada “The Photography in Abundance” (Fotografia em Abundância, numa tradução livre), fez parte da exposição “What’s Next?”, que comemorava os dez anos do Museu Foam, espaço dedicado somente à fotografia na capital holandesa. Os visitantes da exposição eram encorajados a andar sobre as pilhas de fotografias. O artista, no entanto, alertava que isso podia fazer os visitantes se sentirem estranhos por “estarem andando em cima de memórias pessoais”.

E você, como seria se imprimisse TODAS AS SUAS FOTOS DIGITAIS? Consegue imaginar o seu mar de fotos?
🌊🌊🌊

Quer preservar e curtir a sua coleção de fotografias digitais? Nós temos como te ajudar! Fale conosco e saiba como.


Somos a @_academiadafoto, um jeito pioneiro no Brasil de pensar as suas fotos digitais.

Conheça nosso curso online.

Saiba mais pelo WhatsApp (21) 98132-7226.